Últimas notícias
Publicado em: 7 de abril de 2021

Autismo: os novos desafios impostos pela pandemia

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo foi celebrado no último dia 2 de abril e tem como objetivo difundir informações para a população sobre o autismo e assim reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por esta síndrome neuropsiquiátrica.

Os transtornos do espectro autista (TEA), como o próprio nome sinaliza, englobam uma série de diferentes apresentações do quadro, que têm em comum aparecerem nos primeiros anos de vida. Apesar de não terem cura, as terapias e medicamentos são usados para compor o tratamento e com muito amor, é claro, podem proporcionar qualidade de vida para os pacientes e suas famílias.

É importante ressaltar que o autismo não é um fator de risco para a covid-19, porém as características do autismo podem criar dificuldades na adoção das medidas preventivas. Um exemplo são as alterações das funções sensoriais.

Um autista pode apresentar grande interesse pelo odor, sabor e textura de objetos, sendo comum observá-lo passando a mão em tudo e levando os utensílios à boca. Essa prática aumenta a possibilidade de contaminação. Os pais devem estar atentos às questões de higiene, mantendo os ambientes ventilados e evitando compartilhar objetos.


Fonte: artigo publicado pelo Grupo de Trabalho de Saúde Mental da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) / Ministério da Saúde / Diretrizes de Atenção à Reabilitação da Pessoa com Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)