Últimas notícias
Publicado em: 26 de março de 2021

Março Azul-Marinho: câncer colorretal pode ser prevenido com diagnóstico precoce

A campanha Março Azul-Marinho alerta sobre a importância da prevenção e diagnóstico do câncer colorretal. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), é o tipo mais frequente no Brasil. A doença tem cura, quando diagnosticada precocemente, e geralmente surge a partir de pólipos, pequenas lesões na superfície do cólon ou do reto, benignas; mas, quando associada a um estilo de vida não saudável, pode transformar-se em câncer.

O sedentarismo, o excesso de peso corporal e a má alimentação, pobre em fibras, porém rica em carne vermelha e em embutidos, assim como o tabagismo e o alcoolismo, são fatores que aumentam a probabilidade de desenvolver a doença. O câncer colorretal é silencioso, e muitas vezes os sintomas são confundidos com os de outras doenças.

Fique alerta para alguns sintomas e sinais. A presença de sangue nas evacuações, alteração do hábito intestinal, diarreia ou constipação, fadiga, perda de peso, anemia crônica, dor abdominal, inchaço e sensação de que não esvaziou o reto completamente: esses são os sinais sugestivos. Ao sentir ou observar esses sintomas, é necessário procurar um médico para ser avaliado.