Conceito

Assistir os beneficiários que estão em atendimento
domiciliar ou internação domiciliar.

Como
funciona?

A Equipe de Auditoria Médica Externa realiza visitas domiciliares com objetivo de aferir a assistência prestada x pertinências dos cuidados.



Objetivo

Otimização do tempo de
internação domiciliar.

SD
Suporte Domiciliar

Assistência 12h, 8h ou 6h

Equipe Multiprofissional e Treinamento de Cuidadores

Equipamentos para manutenção do tratamento


HC
Home Care

Assistência 24h



Equipe Multiprofissional e Treinamento de Cuidadores



Equipamentos para manutenção do tratamento





Cobertura

O Regulamento Unafisco Saúde PREMIUM I e II contempla a cobertura do tratamento em Regime Domiciliar, bem como estabelece os mecanismos de Regulação, sendo que a inclusão no PAD – Programa de Atenção Domiciliar - deve ser previamente autorizada e destina-se a desospitalização dos Beneficiários Unafisco Saúde PREMIUM I e II.






Coparticipação

Coparticipação financeira do beneficiário titular sobre o total das despesas efetuadas pelo SINDIFISCO NACIONAL com internação domiciliar, limitado a 50% (cinquenta por cento) das despesas

Inclusão

São condições necessárias para inclusão e manutenção de qualquer Beneficiário Unafisco Saúde PREMIUM I e II no PAD – Programa de Atenção Domiciliar:

1. Concordância do médico assistente com a transferência para o PAD – Programa de Atenção Domiciliar, manifestada pela efetiva alta hospitalar assinada e datada em prontuário.

2. Avaliação do caso, mediante parecer da Auditoria Técnica do UNAFISCO SAÚDE observados os critérios técnicos de protocolo estabelecidos pela ABEMID (Associação Brasileira de Medicina Domiciliar);

3. Presença de um responsável designado pelo paciente ou pelos seus familiares, para acompanhar os cuidados da atenção domiciliar. Esta pessoa, que pode ser um membro da família ou não, é fundamental para que o plano terapêutico proposto seja eficiente, pois se torna uma referência para troca de informações entre Empresa de Home Care e o Unafisco Saúde;

4. Concordância dos familiares ou responsáveis com a transferência e com os critérios estabelecidos pelo PAD – Programa de Atenção Domiciliar, inclusive com os critérios de alta hospitalar;

5. Residência compatível para Assistência Domiciliar;

6. Assinatura do termo de compromisso Unafisco Saúde pelo Beneficiário Titular e/ou Familiar Responsável.






Benefícios

1. Diminuição dos riscos de infecções cruzadas em ambientes hospitalares;

2. Ser tratado nas acomodações e no conforto do seu lar;

3. Ter maior privacidade, poder usar a sua própria roupa;

4. Ter maior dignidade em um ambiente que não alimenta a ideia de enfermidade;

5. Poder contar com o apoio, atenção e carinho da família;

6. Alimentar-se adequadamente com alimentos preparados em sua casa, sob orientação profissional;

7. Recuperar a saúde no menor prazo possível (já foi comprovado que a recuperação, com tratamento na própria casa, é mais eficiente e mais rápida);

8. Receber tratamentos e cuidados com qualidade superior à do hospital;

9. Melhor comunicação entre a família e os profissionais de saúde que estão oferecendo o cuidado.